O que Você Procura

Em entrevista para Radio Educadora, de Limeira (SP), Deputado Miguel Lombardi (PL-SP) faz balanço de mandato e fala das realizações e projetos

Quando perguntado sobre o aumento do número de vacinados o deputado disse que as pessoas estão muito preocupadas com a nova onda de Covid e que se preocupa com a questão do número de aumento de pessoas. “Eu tomei a vacina da gripe, tomei a de Covid e to vacinado. Vamos enfrentar e vamos passar por ela. Vai dar tudo certo”.

“No último mês, eu fiquei em Brasília até a demanda de Cordeirópolis para resolver com ministério a questão do reservatório que era preocupante e porque não estava pronta ainda. Em 2018 nós conseguimos o recurso de R$ 13 milhões e mais alguma coisa que somou quase R$ 30 milhões. Foi um trabalho feito pelo Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento voltado ao Setor Público (Finisa) e pela Caixa, que liberou. Dessa vez demorou um pouco mais porque faltou a liberação do ministério do Desenvolvimento Regional. Teve liberação da Caixa, mas faltou mais coisa. Agora, no dia 30 de dezembro nós conseguimos a liberação que foi no último dia que eu fiquei em Brasília”, explica Miguel.

“Essa contribuição de água é importante para eles, porque são vários anos essa agonia. A cidade de Limeira também me preocupa. Quem sabe vamos trabalhar para ter nosso reservatório também. Com a estiagem isso vai ser muito bom”.

O deputado Miguel ressalta que o trabalho de conscientização da rádio é muito importante e que com a união, com todo mundo fazendo sua parte, tudo funciona melhor.

“Eu to a sete anos em Brasília e 25 anos como politico. E sobre o que acontece em Brasília, como deputado eu acho que nós temos que ser um país sério. E as leis devem ser cumpridas. Sobre os projetos de Lei que eu apresentei eu defendo que tudo que acontece com calma é resolvido e com violência, não. Cada um tem sua interpretação. Nós temos os assessores de Plenário lá em Brasília que nos assessoram muito bem. E tentamos errar o mínimo possível. Nem sempre a minha vontade prevalece. É tudo muito difícil. Os momentos que mais me alegram é quando nós conseguimos destravar recursos. O Papa Francisco já dizia que o que é válido o que é dado aos invisíveis”.

Sobre a Covid ele disse que teve a doença e ela a abalou muito, ele perdeu sua mãe e o ano ano novo ficou em casa. “E eu não deveria nem estar na vida pública por causa do 1 terço do pâncreas que eu tenho. Preciso me alimentar bem e ficar sem pressão, mas é difícil porque eu não paro”, diz o parlamentar. “Por isso que eu digo: cuidado quem tem gripe tomem cuidado”.

“Os recursos que conseguimos foram mais de 25 milhões em Brasília. A questão do Bolsonaro no PL para mim eu não sei, eu sei que não sabemos muito pois Lula está muito na frente nas pesquisas. Eu não sou extrema direita nem extrema esquerda. Mas, eu penso que temos que caminhar para frente. Não podemos voltar ao que éramos antes. Podíamos ter reservado mais vacina antecipadamente. O mais importante do chefe da nação é preservar vidas. As prefeituras junto conosco. Ninguém faz nada sozinho”, garante.

Quando perguntado sobre se reelegeria em 2022, Miguel disse que está deixando tudo pronto para o ano que vem se reeleger. “Se eu sentir que a população quer isso, eu sigo meu mandato”.

Questionado sobre qual projeto ele quer fazer em 2022. O que vc quer fazer?

“Eu agradeço muito a participação aqui e os recursos que eu consegui para saúde foram R$ 110,5 milhões para a rede municipal, humanitária e Santa Casa, mobilidade urbana R$ 128 milhões, estrutura urbana, R$ 125, 5 milhões, esporte R$ 5 milhões e R$ 800 mil, saneamento R$ 109,5 milhões tudo de emendas, trabalhos juntos a Caixa Econômica Federal e de recursos. Totalizando quase R$ 400 milhões de recursos. Isso é muito gratificante. Tem Cordeirópolis, Iracemápolis, Limeira, e temos o compromisso de continuar contribuindo. Quero continuar contribuindo com o terceiro setor de Limeira, das Santas casas e com toda a questão social.

Lista de conquistas relevante:
Construir o viaduto da Barroca Funda
Entregar 8 veículos para a saúde pública
Mamógrafo digital na Policlínica
Limeira reconquistar a posse definitiva do Horto Florestal
Construir o maior complexo esportivo no Jd. Ipanema
Comprar máquina para tratar pacientes com câncer na Sta Casa
Comprar 44 novos aparelhos para Sta Casa – vem mais 33!
Começar e concluir as obras do Piscinão do Tiro de Guerra
Concluir a nova via Jurandyr Paixão
Alça do viaduto Antônio Feres
Concluir a Tatu-Lopes (faixa para ciclistas e iluminação nova)
Construir 4 postos de saúde
Reformar e ampliar 13 postos de saúde em Limeira
Garantir R$ 8 milhões para a Zé do Pote
Novo gerador de energia para a Humanitária
Equipar os postos de saúde de informática