Mobilização a favor da Oficina Cultural Carlos Gomes

Crédito: imagem divulgada em rede social das lideranças da mobilização
Crédito: imagem divulgada em rede social das lideranças da mobilização

 

Quero parabenizar o movimento democrático realizado por jovens, artistas, estudantes, produtores culturais e outras lideranças realizado na Câmara de Vereadores de Limeira em favor da manutenção das atividades realizadas pela Oficina Cultural Carlos Gomes. A notícia de que haveria a intenção do governo estadual em encerrar o oficina provocou uma reação contundente de vários setores da nossa comunidade. Manifestei o meu apoio à mobilização em virtude do papel exemplar de fomento das atividades artísticas que exerce a Oficina Cultural Carlos Gomes.

Como relata o jornal Gazeta de Limeira, na edição do dia 29 de novembro, a Oficina Carlos Gomes completará 20 anos de atividade no próximo ano. Ou seja, duas décadas de intensa e marcante produção cultural e de formação de público. A Oficina Cultural Carlos Gomes funciona no histórico prédio Palacete Levy, que é um espaço cedido pela prefeitura municipal, numa parceria com o governo do estado de São Paulo. Durante este período, ainda segundo a publicação jornalística, mais de 45 mil vagas foram disponibilizadas para mais de 1,8 mil atividades em diversas linguagens artísticas por meio da Oficina Cultural em 62 cidades.

Parabenizo a bancada do PR de Limeira pela atenta e rápida ação em favor da manutenção das atividades da Oficina Carlos Gomes, em especial ao vereador José Farid Zaine, ele propôs uma moção ao governo estadual a fim de solicitar a continuidade das atividades da Oficina Cultural. A ação parlamentar foi acompanhada por muitas pessoas que lideram o movimento #FicaOCCarlosGomes.

Estimular a formação e a difusão de novas e ricas linguagens artísticas sempre foi uma das identidades marcantes da Oficina Carlos Gomes. Entre as performances artísticas trabalhadas pelo programa estão artes plásticas, audiovisual, circo, performance, HQ, dança, fotografia, literatura, música, teatro e gestão cultural. Esta série de formatos e modalidades artísticas denotam a riqueza e a versatilidade das atividades criativas ali nascida e compartilhadas com os mais diversos públicos.  Devemos considerar ainda, caros colegas deputados e deputadas, que existem diversos profissionais do universo artísticos que ministram palestras, workshops e cursos a partir de editais abertos pelo Organização Social POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura que atualmente é a gestora do programa.

No Plenário da Câmara dos Deputados, fiz um apelo ao nosso governador Geraldo Alckmin que busque outras soluções para reorganização administrativa da pasta de cultura. Tenho a mais absoluta certeza de que o governador terá, como sempre, a sensibilidade e bom senso de manter as oficinas culturais em funcionamento; não só em Limeira, assim como também em todo interior paulista. O caminho do diálogo é mais adequado em situações como essa. O movimento #FicaOCCarlosGomes tem o meu apoio.

Mais Artigos