Zelar pela democracia

Vivemos um dia histórico para o qual devemos nos preparar para quaisquer decisões que o Congresso brasileiro tomará daqui para a frente. Devemos buscar o equilíbrio, a serenidade e pensar nas consequências de atos irresponsáveis do presente que, certamente, afetarão ainda mais o futuro a curto e médio prazo do Brasil.

Penso que o que está em jogo, na atualidade, não é a prevalência de partidos ou nomes na Presidência da República, mas, sim, a própria República. Acima de qualquer decisão que teremos que tomar, acredito que devemos proteger, blindar e zelar pela nossa democracia.

Nós congressistas passaremos, mas as nossas instituições continuarão. Por este motivo, devemos respeitá-las. Se posicionar no Congresso apenas pensando em produzir notícia para os jornais do dia seguinte é imprudente. O que viveremos daqui para frente será a construção de uma parte importante da histórica política do nosso Brasil.

Por este motivo, devemos defender as nossas instituições. Porque elas nos amparam e dão segurança ao povo brasileiro de que vivemos num país onde a Constituição é a nossa armadura contra dias de incertezas.

É nisso que acredito.

Portanto, devemos analisar com bastante zelo os ritos do pedido de impedimento da presidente. Só a partir daí verificar o mérito. Tudo isso será definido no calor dos acontecimentos. Vou me preparar para este desafio e buscar representar o povo paulista com dignidade, além de ser um aliado do Brasil, neste momento crítico.

Contem comigo e que Deus abençoe todos nós!

Miguel Lombardi
Deputado Federal

 

Mais Artigos