Lombardi é titular na CPI da UNE

Foto

O deputado federal Miguel Lombardi foi designado pela liderança partidária para ser membro titular da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da UNE (União Nacional dos Estudantes do Brasil) que será instalada na Câmara dos Deputados. A comissão investigará supostas irregularidades nos repasses do governo federal nos últimos anos. O autor da proposta é o deputado federal pastor Marcos Feliciano (PSC-SP). É a primeira vez que o deputado limeirense é designado para participar de uma CPI no exercício do seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados. Lombardi vem amadurecendo a atividade política desde que assumiu o mandato. Em pouco mais de um ano, o deputado já atuou como relator (projeto de lei 3353/2012 que agrava a pena para profissionais de cartório que facilitem a adoação irregular de crianças brasileiras para o exterior), também participou ativamente como membro do Grupo de Trabalho da Fosfoetanolamina, criado no âmbito da Comissão de Seguridade Social e Família, além de participar e aprovar emendas ao texto da MP 712 que estabelece regras de controle ap Aedes aegypti.

“Eu me sinto preparado para mais este desafio. Vou utilizar da minha vivência adquirida em comissões mistas de deputados e senadores, na relatoria de projeto de lei e nas comissões para contribuir nos trabalhos desenvolvidos na CPI da UNE”, frisou.

Mais Artigos